Bem-vindo ao STIPDAENIT   •   Fundado em 1985   •  
 
 
 
 

Notícias

FRENTE PARLAMENTAR EM DEFESA DA ÁGUA É LANÇADA EM AUDIÊNCIA PÚBLICA NA ALERJ

25/06/2019

Em um momento importante e decisivo para a manutenção da Cedae como empresa pública, estatal e indivisível, os parlamentares da Alerj deram início a Frente Parlamentar em Defesa da Água na manhã desta terça-feira (25), no Plenário da Alerj. Presidida pelo Deputado Estadual Gustavo Schmidt, esse movimento tem como discutir formas de melhorar a gestão dos recursos hídricos no Rio de Janeiro e formas para melhorar o esgotamento sanitário no Estado.

“A questão da água está sempre acima de qualquer discurso partidário, queremos a criação de políticas públicas em defesa da nossa água. Nós desejamos ideias para melhorar nosso Rio de Janeiro e fazer um uso dos nossos recursos públicos de forma inteligente. Somos um estado privilegiado nos recursos hídricos e precisamos aproveitá-los da melhor forma possível”, afirmou o deputado Gustavo Schmidt, presidente da Frente Parlamentar.

Este movimento vai totalmente contra o pensamento do Governador Wilson Witzel. Este já mudou de opinião diversas vezes sobre a Cedae. Em sua campanha eleitoral, ele afirmava que não tinha em mente a privatização da companhia. Já nos seus primeiros meses Witzel comentou em uma gestão público-privada da empresa. Recentemente em coletiva, o mandatário disse que “Tem que privatizar a Cedae toda”. Com isso, os trabalhadores além de ter sua representação sindical atuante, tem nos parlamentares uma forma de lutar contra a entrega da companhia.

 “Lutamos contra o Picciani, depois contra o Pezão e precisamos estar firmes e fortes e agora presenciamos uma completa mudança de opinião do atual Governador. Inúmeras vezes o candidato se posicionou contra a privatização da Cedae, mas agora quando assumiu o cargo já cogita privatizar. Não podemos entregar uma empresa que gera dividendos para os cofres do Estado. Não queremos OS, PP, queremos uma Cedae pública, estatal e indivisível”, afirmou o Deputado Estadual Waldeck Carneiro.

A LUTA CONTRA O DESMONTE DA CEDAE É FUNDAMENTAL

A Cedae nos últimos anos vem sofrendo um processo pesado de desmonte por diversas vias. E isso também foi debatido na abertura da Frente pela Água. "Essa inciativa é fundamental para a nossa sobrevivência como empresa pública. Porque a Cedae não negocia a vida de ninguém, ela produz água para mais de 14 milhões de habitantes no Rio de Janeiro. É preciso que a Alerj convoque o presidente Hélio Cabral para prestar esclarecimentos sobre os últimos acontecimentos na empresa. O que ele está promovendo é o terror para os funcionários. Além de não receber e perseguir entidades sindicais, o presidente está promovendo o desmantelamento da Cedae, aumentando o clima de Terror. Todo trabalhador da Cedae tem medo de estar na companhia nesses últimos meses", afirmou o diretor Sindical Ary Girota.

Já o presidente do STIPDAENIT, Sérgio Araújo, reafirmou  que devemos cobrar do Governador por conta de suas promessas em não privatizar a Cedae: "É bom lembrarmos que o Governo do Estado, no mês de janeiro, para toda população do Rio de Janeiro que a Cedae não iria ser privatizada. Então nós temos que cobrar aqui na Alerj e em outras frentes essa posição do Governador. A população do Rio de um voto de confiança no Governador ao com sua promessa de não privatizar a companhia e realizar a universalização do saneamento. Então temos que lutar por isso."

 

•  Veja outras notícias
 
 
Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Purificação e Distribuição de Água e em Serviços de Esgotos de Niterói
Rua São João, 392 - Centro - CEP 24020-040 - Niterói / RJ
Fone : (21) 2719-6240   /   E-mail: contato@stipdaenit.org.br