Bem-vindo ao STIPDAENIT   •   Fundado em 1985   •  
 
 
 
 

Notícias

EDITORIAL - PORQUE PARTICIPAR DA GREVE GERAL?

13/06/2019

A discussão agora não é mais direita, esquerda ou centro. Esse ou aquele candidato. A discussão agora é a iminente perda dos direitos que os trabalhadores conquistaram durante anos. Estamos prestes a perder o direito constitucional à aposentadoria.


O regime atual da Previdência é tripartite, ou seja, contribuem os trabalhadores, os empregadores e o governo. A contribuição do governo não tem sido repassada e os impostos cobrados como o COFINS e CSLL estão sendo utilizados para pagamento da dívida pública. Além disso, não há cobrança dos devedores da Previdência, entre eles, os grandes bancos e corporações.


No sistema de capitalização, apresentado na proposta da reforma, somente o trabalhador contribuirá. Isso é um absurdo se considerarmos o mercado de trabalho brasileiro. Como contribuir por 40 anos e conseguir se manter empregado até os 65 anos?


Nossa categoria do saneamento ainda tem outro motivo muito importante para lutar. O Projeto de Lei 3261/2019, se aprovado, desestrutura completamente a política nacional e o setor de saneamento básico, destruindo tudo o que foi conquistado com muita luta do povo brasileiro, onde, na prática extingue as companhias públicas Estaduais que são responsáveis por 70% da prestação dos serviços de água e esgoto no País com o único objetivo de beneficiar o setor privado e não para atender ao interesse público. 
Isso vai prejudicar sensivelmente a população brasileira, principalmente, aquela que ainda não tem acesso aos serviços residentes nos pequenos municípios do Norte e Nordeste do País, das zonas rurais e das localidades das comunidades tradicionais, além dos que vivem na periferia das grandes cidades.


Nós do STIPDAENIT somos totalmente contrários a qualquer ameaça ao saneamento público e estatal. Sabemos que um serviço tão fundamental para a população não pode ser visto como fonte de lucro e sim como garantia de qualidade de vida a quem o recebe. O mercado só quer os municípios que dão lucro, que podem pagar por seus serviços caros e de qualidade duvidosa. 


As empresas que desejam tomar conta do saneamento em nenhum momento querem usar dos seus recursos para investir em melhorias, e sim utilizar dinheiro do BNDES, FGTS E FAT em seu benefício.


Precisamos reagir a isso enquanto há tempo. As manifestações e a greve geral no dia 14 de junho são as ferramentas que, nós trabalhadores, temos para mostrar as nossas insatisfações e pressionar os parlamentares para não aprovarem esse projeto que vai dificultar ainda mais o nosso futuro.


Nos, trabalhadores, não somos o problema do país, mas sim, a solução. Produzimos, consumimos, pagamos impostos, fazemos a roda girar. É preciso refletir o porquê dos militares, parlamentares e judiciário não terem sido incluídos nessa proposta.Vamos dizer não a isso tudo. Vamos à greve geral!

 

•  Veja outras notícias
 
 
Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Purificação e Distribuição de Água e em Serviços de Esgotos de Niterói
Rua São João, 392 - Centro - CEP 24020-040 - Niterói / RJ
Fone : (21) 2719-6240   /   E-mail: contato@stipdaenit.org.br