Bem-vindo ao STIPDAENIT   •   Fundado em 1985   •  
 
 
 
 

Notícias

AUDÊNCIA PÚBLICA DEBATE CONJUNTURA DE PRIVATIZAÇÕES NO RIO DE JANEIRO

04/09/2017

A Alerj recebeu categorias de trabalhadores das empresas públicas nacionais e estaduais para uma audiência pública contra as privatizações e seus impactos na economia do Rio de Janeiro e na soberania nacional. Estiveram presentes trabalhadores da Casa da Moeda, Petrobrás, Eletrobrás, Cedae e fundos de pensão dessas empresas, além de outras categorias. O evento foi organizado pelo deputado Paulo Ramos, presidente da Comissão de Trabalho, Legislação Social e Seguridade da Alerj.

“Nós temos um inimigo identificado, não é adversário. Nós temos um inimigo, e o inimigo é representado na figura do senhor presidente Temer, ilegítimo e golpista. Então nos precisamos compreender que essa frente de resistência só tem chance de cumprir o seu papel se nós recuperarmos nossa unidade”, disse Paulo Ramos na abertura.

Veja galeria de fotos no Facebook

Além dos trabalhadores, também compareceram outros politicos contrários às privatizações, como Eliomar Coelho, Lindberg Farias, Glauber Braga, Jandira Feghali, Enfermeira Rejane e Wadih Damous. Todos destacaram a importância estratégica dessas estatais e criticaram o governo Temer por tentar privatiza-las. “A privatização da Cedae é criminosa. A Cedae é uma empresa lucrativa. Falta muito pouco para 2018, ano de eleição, então dá tempo de resistirmos mais um pouco para segurar as privatizações”, disse Lindberg.

Os trabalhadores intercalavam com as autoridades o acesso à tribuna da Casa, como forma de dar direito a todos de se manifestarem. Os discursos também seguiam a linha de críticas a Temer, Pezão e a entrega do patrimônio nacional, além de pregarem a resistência e diálogo com a população para fortalecer a luta contra as privatizações.

O STIPDAENIT esteve representado pelo presidente Sérgio Araújo e o delegado sindical Ary Girota.

Ary fez uso da palavra para enaltecer a unidade das categorias de servidores e empregados públicos presentes à audiência.

“Eu quero saudar aqui os companheiros de Furnas, os companheiros da Casa da Moeda, pela importância que representa a unidade da classe trabalhadora, a unidade da população contra o desmonte do estado brasileiro. Porque os servidores públicos os trabalhadores concursados representam a resistência contra esse desmonte. Representam o limite do balcão de negócios que Temer e o seu PMDB querem instalar em todo o Brasil. Porque oprimindo a categoria dos servidores públicos eles abrem para a terceirização e para a contratação de cargos comissionados, loteados, em que os seus trabalhadores não tem autonomia para se rebelarem contra ordens absurdas”.

Veja a fala completa de Ary Girota

As audiências públicas são um importante espaço de diálogo entre a classe trabalhadora, a população em geral e o Poder Legislativo. São iniciativas como essas que fortalecem a coesão da luta contra os ataques do governo golpista de Michel Temer. Vamos continuar unidos em defesa de um Brasil mais justo, que necessariamente passa pela queda de Temer e sua corja e a eleição, em 2018, de um projeto político voltado para toda a população e a soberania nacional.

 

•  Veja outras notícias
 
 
Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Purificação e Distribuição de Água e em Serviços de Esgotos de Niterói
Rua São João, 392 - Centro - CEP 24020-040 - Niterói / RJ
Fone : (21) 2719-6240   /   E-mail: contato@stipdaenit.org.br