Bem-vindo ao STIPDAENIT   •   Fundado em 1985   •  
 
 
 
 

Notícias

ATO DOS CEDAEANOS NA ALERJ TEM ADESÃO DE DIVERSAS CATEGORIAS E PARLAMENTARES

08/02/2017

Os trabalhadores da Cedae compareceram em grande número à Alerj na terça-feira, dia 7, para protestarem contra a privatização da empresa. A manifestação teve a participação de trabalhadores de diversa   da Educação, Saúde, Judiciário, Corpo de Bombeiros, Comlurb, entre outras categorias, além de deputados que garantiram votar contra a privatização da empresa. O próximo ato será na quinta-feira, dia 9.

A concentração da base do STIPDAENIT foi feita na Candelária, de onde os trabalhadores marcharam pela Avenida Rio Branco e a Rua da Asembleia em direção à ALerj. No caminho, ecoavam cantos e palavras de ordem e enquanto pedestres fotografavam e aplaudiam. Ao alcançarem o destino final, se uniram aos demais cedaeanos e aos trabalhadores das demais categorias presentes ao ato e solidárias à Cedae, como Educação, Saúde, Judiciário, Corpo de Bombeiros, Comlurb, entre outras.

Veja fotos do ato em nossa página no Facebook

No carro de som, as lideranças discursaram em apoio à Cedae e contra o governador Pezão, pedindo sua renúncia, seu impeachment e garantindo que a privatização da Cedae e o pacote de arrocho fiscal contra os servidores não serão aprovados.

“Esse pacote que está aqui é o pacote da corrupção. Privatizar a Cedae é um disparate. Eles não podem colocar os servidores da Cedae para pagarem a conta da corrupção. A Cedae é nossa”, disse Ramon Carrera, presidente do Sindjustiça.

O delegado sindical do STIPDAENIT e integrante do MUSPE Ary Girota pregou a união entre servidores e cedaeanos e destacou a luta contra o governo. “A Cedae não é mercadoria. Nós distribuímos saúde para a população. Nós estamos aqui não apenas pela Cedae, mas contra um governo que faliu o estado do Rio de Janeiro. Sérgio Cabral, que foi preso na Calicute, tinha um gasto de R$ 220 mil por mês. Essa operação vai se desdobrar e vai chegar nessa Casa (Alerj). O movimento unificado dos servidores públicos tem nos apoiado. Nós vamos caminhar com os nossos companheiros servidores públicos. Nós vamos mudar a história do Rio”, discursou Ary, sendo bastante aplaudido.

Durante o ato, onze deputados também compareceram e garantiram seus votos contra a venda da empresa: Wanderson Nogueira, Eliomar Coelho, Marcelo Freixo, Flávio Serafini, Paulo Ramos, Jorge Felippe Neto, Enfermeira Rejane, Gilberto Palmares, Waldeck Carneiro, Tio Carlos e Osório. Marcelo Freixo entrou com mandado de segurança no TJ-RJ para suspender o projeto de privatização da Cedae. De acordo com a mídia, a oposição tem 28 votos contrários à privatização.

Na próxima quinta-feira, haverá nova manifestação dos servidores junto aos trabalhadores da Cedae na porta da Alerj. É fundamental a presença de toda a categoria. 

 

•  Veja outras notícias
 
 
Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Purificação e Distribuição de Água e em Serviços de Esgotos de Niterói
Rua São João, 392 - Centro - CEP 24020-040 - Niterói / RJ
Fone : (21) 2719-6240   /   E-mail: contato@stipdaenit.org.br