Bem-vindo ao STIPDAENIT   •   Fundado em 1985   •  
 
 
 
 

Notícias

NOTA SOBRE AS INVESTIGAÇÕES DA POLÍCIA FEDERAL NA CEDAE

08/04/2016

O STIPDAENIT vem a público destacar alguns pontos importantes em relação à investigação da Polícia Federal realizada nesta quinta-feira, dia 8, em unidades da empresa no Rio de Janeiro, Niterói, São Gonçalo e Belford Roxo com o objetivo de apurar irregularidades na prestação do serviço de tratamento de esgotos.

É importante ficar claro para a população que a responsabilidade por essa irregularidade passa por questões políticas que tem interferência direta na administração  da empresa,  não cabendo aos trabalhadores que executam as tarefas diárias nas áreas operacionais essa culpa.

Há muito o STIPDAENIT vem denunciando a má gestão e o sucateamento da empresa, cujas providencias  só são tomadas quando as medidas judiciais impõem a correção. Um exemplo disso é a ação civil pública que precisamos ajuizar em 2014 para que fossem realizadas obras em diversas unidades de Teresópolis, algumas representando sérios riscos à integridade dos trabalhadores como desabamentos e falta de equipamentos de segurança. Só este ano a empresa começou a fazer as obras.

Como uma empresa que lucra R$ 460 milhões deixa de realizar consertos simples, como filtros de ar  deR$ 300 reais que são alugados a R$ 16 mil. Ou retroescavadeiras cujos consertos seriam em torno de R$ 1 mil, mas a maiora das máquinas de grandes operações são alugadas. A quem interessa esse desperdício de dinheiro?  

Os trabalhadores fazem o impossível para manter a empresa funcionando, muitas das vezes tirando de seu sustento para que um determinado serviço ocorra, fornecendo o mínimo necessário para atender às demandas DA população. Muitos, inclusive, trabalham em condições impróprias para manter o compromisso com seus deveres profissionais. No entanto, sabemos que ingerências políticas externas  e interesses inexplicáveis,  interferem na administração e apostam no "quanto pior, melhor", pois o objetivo é justificar a privatização ou a entrega criminosa do patrimônio público através de contratos de terceirização e parcerias público privadas (PPPs) que sabidamente vão onerar ainda mais o Estado e deixarão a população desassistida. Para não falar na obtenção de vantagens pessoais.

O STIPDAENIT espera que as investigações sirvam para unir os sindicatos e trabalhadores em defesa do saneamento público e do serviço de excelência que a população merece. Todos sabem que há o interesse em fazer Parcerias Público-Privadas (PPP) e entregar a única empresa pública do Rio de Janeiro para os interesses dos grandes empresários. Não podemos permitir que isso aconteça.

Diretoria do STIPDAENIT

* foto: Custódio Coimbra/Agência O Globo

•  Veja outras notícias
 
 
Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Purificação e Distribuição de Água e em Serviços de Esgotos de Niterói
Rua São João, 392 - Centro - CEP 24020-040 - Niterói / RJ
Fone : (21) 2719-6240   /   E-mail: contato@stipdaenit.org.br