Bem-vindo ao STIPDAENIT   •   Fundado em 1985   •  
 
 
 
 

Notícias

PEZÃO SAI, DORNELLES ENTRA. O QUE PODE MUDAR PARA A CEDAE?

01/04/2016

Pezão entrou de licença para se tratar de um câncer. Assumiu o Governo do Estado Francisco Dornelles.

Na quarta-feira, dia 30 de março, houve uma reunião entre Dornelles e deputados estaduais na Alerj. E Dornelles foi claro: a privatização é uma das alternativas para tirar o Estado da crise econômica.

Quando se fala em privatização no Rio de Janeiro, os cedaeanos devem levantar as orelhas e ouvir com cuidado cada informação nova.

Dornelles assumir o governo é uma informação nova. Político de linha liberal, foi ministro da Fazenda de Sarney, da Indústria e Comércio Exterior e do Trabalho no governo FHC. Defendeu com entusiasmo a privatização da Vale do Rio  Doce. 

Pezão tinha alguma resistência à venda da empresa. Terá Dornelles pensamento semelhante?

Em entrevista para o jornal O Globo publicada ontem, ao ser perguntado sobre a situação econômica do Rio de Janeiro, ele avisa: “temos que atuar agora junto ao governo federal, defendendo uma política de desenvolvimento, de concessão de serviços públicos. Examinar se há alguma coisa a privatizar. No ramo imobiliário, ver se há algo a vender”.

CONCESSÃO DE SERVIÇOS PÚBLICOS. EXAMINAR SE HÁ ALGO A PRIVATIZAR. Mais claro que isso, impossível.

É possível que nesse “exame”, ele localize a CEDAE. A arrecadação com a venda da CEDAE seria grande: só a AP 4 (Barra, Recreio e Jacarépaguá), segundo cálculos da base aliada divulgados pelo Jornal Extra, seria de US$ 4 bilhões, aproximadamente R14 bilhões de reais. Isso apenas para a AP 4.

Motivo para desespero? Não. Motivo para MOBILIZAÇÃO? Com certeza.

Foto: Blog do Garotinho

•  Veja outras notícias
 
 
Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Purificação e Distribuição de Água e em Serviços de Esgotos de Niterói
Rua São João, 392 - Centro - CEP 24020-040 - Niterói / RJ
Fone : (21) 2719-6240   /   E-mail: contato@stipdaenit.org.br