Bem-vindo ao STIPDAENIT   •   Fundado em 1985   •  
 
 
 
 

Notícias

CEDAEANOS EM GREVE MOSTRAM SUA FORÇA

06/06/2014

Os trabalhadores da CEDAE atenderam à convocação dos sindicatos representantes da categoria (STIPDAENIT, STAECNON, SINTSAMA, SINAERJ e SENGE-RJ) e compareceram em bom número à marcha em direção ao Palácio Guanabara, sede do governo estadual. O objetivo da manifestação era negociar diretamente com o governador, Luiz Fernando Pezão, as reivindicações da categoria. Após uma reunião entre os presidentes dos sindicatos e representantes do governo estadual, não houve acordo. No entanto, foi marcada uma reunião, na próxima segunda-feira, entre os sindicatos e o presidente da CEDAE, Wagner Victer, e o procurado geral do estado. 

Veja as fotos do ato

A concentração foi feita no Largo do Machado, às 11h. Entre palavras de ordem e discursos, o desejo de mudança e a disposição para a luta se tornavam cada vez mais fortes. 

- Temos que mostrar para o governo que nós somos capazes, que temos condições de dar mais qualidade de vida para a população do estado. Basta que ele reconheça os méritos dessa categoria e não achacar e congelar salários, nem desvios de funções. Isso não é cabível dentro de uma empresa pública – ressaltou o presidente do STIPDAENIT, Francisco Carlos.

Ao saírem do Largo do Machado, o grupo de aproximadamente 500 pessoas caminhou em direção ao Palácio Guanabara, localizado ao lado da sede do Fluminense, na Rua Pinheiro Machado. No entanto, um cordão de isolamento da Polícia Militar, em frente ao clube, evitou maior aproximação ao palácio. Após negociação, a PM trouxe a proposta do governo estadual de ouvir os presidentes dos sindicatos, os quais conversaram com representantes do governo. Durante o encontro, foram novamente apresentadas as propostas da categoria, mas não houve acordo. Dessa forma, foi marcada uma reunião, na próxima segunda-feira, às 17h, na sede da CEDAE, entre os sindicatos, o presidente da CEDAE, Wagner Victer, e o procurador geral do estado. Após a reunião, será realizada uma assembleia com os trabalhadores em frente a sede, onde serão apresentados os resultados da negociação.

O ato foi encerrado com a truculência da Polícia Militar. Apesar da tranquilidade e organização da manifestação, a corporação disparou bombas de gás lacrimogênio para dispersar os trabalhadores que, concentrados na Rua Pinheiro Machado, impediam o fluxo de veículos, o que refletiu nas principais vias da cidade. A ação policial feriu alguns trabalhadores, entre eles Credson Xavier (Deca), delegado sindical do STIPDAENIT em Magé, atingido no peito por uma bala de borracha. O STIPDAENIT publicou nota de repúdio em relação à agressão da polícia.

Estivesse o governador disposto a ouvir os trabalhadores, não haveria esse transtorno. O impacto no trânsito demonstra que a categoria mobilizada tem muita força, e assim devemos nos manter na luta por um ACT justo.

 

•  Veja outras notícias
 
 
Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Purificação e Distribuição de Água e em Serviços de Esgotos de Niterói
Rua São João, 392 - Centro - CEP 24020-040 - Niterói / RJ
Fone : (21) 2719-6240   /   E-mail: contato@stipdaenit.org.br