Bem-vindo ao STIPDAENIT   •   Fundado em 1985   •  
 
 
 
 

Concessionárias Privadas

REUNIÃO DE BASE NA PROLAGOS DISCUTE ACORDO COLETIVO, DENÚNCIA NO MPT E LUTA SINDICAL

25/06/2017

A diretoria do STIPDAENIT, representada pelo presidente Sergio Araújo, o diretor administrativo Ronie dos Santos e o diretor da patrimônio Jairo Malheiros, se reuniu com os trabalhadores da PROLAGOS na manhã de quinta-feira 22.

Foi anunciado que, para o fechamento do acordo coletivo, falta o Ministério Público do Trabalho (MPT) marcar uma audiencia de conciliação entre sindicato e empresa, pois a PROLAGOS não quis melhorará proposta rejeitada pela categoria (4,57% de reajuste salarial e nos benefícios), que já acumula perda de massa salarial e tem ticket refeição bastante abatido das outras empresas de saneamento (R$ 18,91, enquanto a Cedae paga R$ 32 e a Águas de Juturnaíba, R$ 25,80).

O sindicato também informou a todos que o MPT abriu inquérito civil devido à denúncia do STIPDAENIT por causa das demissões em massa praticadas pela empresa no começo do ano. Seguindo sugestão da Promotoria, o STIPDAENIT apresentou uma série de medidas compensatórias, sobre as quais a empresa teve 10 dias úteis para se manifestar. Mas, o prazo já venceu e até o momento não houve qualquer resposta.

Eis as propostas:

1) pagar a cada trabalhador dispensado o correspondente a 12 meses de salário;
2) conceder e/ou estender, a cada trabalhador dispensado, os planos de saúde e odontológico pelo prazo de 12 meses ao empregado e seus dependentes;
3) fornecer a cada trabalhador dispensado, pelo período de 12 meses, cestas básicas e/ou vale alimentação e refeição no valor correspondente ao Acordo coletivo vigente;
4) promover cursos de qualificação profissional aos trabalhadores dispensados pelo período de seis meses, a serem ministrados no prazo máximo de 30 dias;
5) compensação financeira individual no valor equivalente a 3 salários mínimos, adicionada de um salário mínimo por cada ano trabalhado;
6) garantir a preferência na contratação em caso de reativação dos postos de trabalho.

Ainda foi discutida na reunião a necessidade de os trabalhadores se manterem mobilizados contra as reformas trabalhista e previdenciária. Os dirigentes sindicais destacaram a importância de todos se unirem em defesa dos direitos trabalhistas e conquistas sociais importantes, como a Previdência.

 

 
•  Veja outros textos
 
 
Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Purificação e Distribuição de Água e em Serviços de Esgotos de Niterói
Rua São João, 392 - Centro - CEP 24020-040 - Niterói / RJ
Fone : (21) 2719-6240   /   E-mail: contato@stipdaenit.org.br